Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A incrível arte de chorar!



Pobres de nós! Adultos idiotas que se privam de chorar!


Quando somos crianças choramos por tudo, tristeza, dor, alegria, fome, saudade, escola, revolta enfim qualquer coisa, porém, quando nos tornamos adultos, inventamos que chorar é um ato de fraqueza e vulnerabilidade e simplesmente evitamos as lagrimas.

Outro dia, eu estava descendo a escada da minha casa com minha sobrinha de três anos no colo, quando escorreguei, para não cair, eu joguei o meu corpo para o lado da parede tentando não machucá-la. ‘Nó’ que susto!

Duas reações surgiram nesta situação, ela abriu a boca a chorar, eu simplesmente dei um grito enquanto escorregava. Menos de quinze minutos depois, ela estava correndo, brincando e ainda contando a todos do nosso “quase tombo”. Já eu, fiquei tensa o resto do dia, tudo me assustava, acelerava meu coração, sabe, uma sensação esquisita a respeito de milhões de coisas que poderiam ter acontecido.

Eu fiquei muito intrigada com o fato de ela ter esquecido com mais facilidade do que eu. Por isso eu fiz uma pesquisa sobre o choro, e descobri coisas interessantíssimas.

Nós, homens, somos a única espécie do reino animal capazes de chorar e isto está diretamente ligado ao nosso instinto de defesa e comunicação. O nosso cérebro, em determinadas situações, produz substâncias, que ao serem liberadas através das lágrimas, proporcionam a sensação anestésica e de calma, aliviando a angustia e liberando a tensão. E a não liberação dessas substâncias, a longo prazo, podem desenvolver quadros de depressão ou mesmo de doenças como pressão alta, ulcera e gastrite.

A bíblia cita em Matheus 5:3-10, as bem-aventuranças, me impressiona ver que o único ato manifestado visivelmente pelo corpo, que é citado por Jesus é o ato de chorar!! Será que é coincidência ou será que ele queria que confiássemos no consolo que só Ele pode nos dar.

Nas tantas vezes que li isto, nunca dei atenção a este detalhe, mais hoje vejo, que quando não damos atenção as pequenas coisas, como a permissão que Jesus nos deu de chorar, nós passamos a vida com um nó na garganta, assustados com as milhões de coisas que podem nos acontecer enquanto poderíamos estar gratos e felizes por não ter caído e poderíamos ainda contar a milhões de pessoas do nosso “quase tombo” para que elas entendessem que mesmo a situação sendo difícil e as lagrimas molharem o nosso rosto, existe um Deus que traz alivio, calma e libertação.

Deus fez de nós as únicas criaturas capazes desta incrível arte que é chorar, e nós mais uma vez passamos por cima d’Ele e criamos a nossa própria teoria. Acredito que está na hora de parar de ser adulta e ir chorar um pouco!

Nenhum comentário:

Postar um comentário